A História da Eskesen

A ESKESEN foi fundada por Peter Eskesen em 1946 em um porão bem pequeno. Peder Eskesen trabalhou na empresa até a sua morte em 1988. Em 1990 a família Eskesen vendeu a companhia para o diretor e membro do conselho, o Sr. Jens Dromph e o Sr. Per Staal. Em 1997 Per Staal se aposentou e Jens Dromph assumiu a propriedade plena da empresa.

A ESKESEN exporta 90% da sua produção para mais de 60 países em todo o mundo e continua a ser um parceiro valioso para centenas de empresas trabalhando com promoção de brindes- , lembranças- e o setor de varejo.

A ESKESEN conta com cerca de vinte funcionários. Toda a produção é gerada na própria fábrica da Eskesen na Dinamarca e está situada a cerca de 1 hora de distância de carro em relação a Copenhagen, local que também abriga parte da empresa. 

Produtos acrílicos
A ESKESEN foi uma das primeiras empresas a desenvolver chaveiros acrílicos com designers embutidos. Com a técnica de produção desenvolvida pela Eskesen tornou-se possível fazer chaveiros de alta qualidade em impressão de serigrafia. Com a incorporação os designers passaram a ser protegidos e selados pelo acrílico. Isto fez com que os chaveiros se tornassem produtos duradouros, que podem ser usados por décadas sem sinais eminentes de desgaste.

Sem sombra de dúvidas a Eskesen tem sido uma das forças motrizes que fez com que os chaveiros se tornassem um dos intens mais bem vendidos no mundo.

ESSO e as primeiras canetas
ESSO foi a primeira caneta de ação flutuante feita pela ESKESEN na década de 50. Quando a ESSO se aproximou da ESKESEN para que esta assumisse a produção de uma caneta esferográfica com um pequeno tambor de óleo flutuando para baixo e para cima, a ESKESEN aceitou o desafio e desenvolveu o produto.

A caneta da Esso foi a introdução da "caneta floating action" mais conhecida como a caneta flutuante.

Mais canetas foram produzidas neste período, todas com pequenos objetos flutuantes como garrafas ou pequenas figuras. Canetas esferográficas com pequenas figuras pintadas a mão continuaram a ser produzidas entre as décadas de 60 e 70. A Eskesen obteve a patente na produção de canetas com designers de filmes ainda conhecidos hoje. Nós temos alguns exemplos de canetas com filme em movimento daquela época, por exemplo, a caneta do filme "Mundo justo" em Seattle em 1962. As canetas eram fáceis de serem reconhecidas por causa da sua ponta de metal.

Em 1996 a ESKESEN recebeu uma licença para produzir um grande número de designers para as Olimpíadas em Atlanta. Mais recentemente as canetas com objetos flutuantes tem sido encontradas na forma de mini pedras ou pedaços triturados de conchas e a ESKESEN tem lançado diferentes designers de canetas com tubos da moda e clipes, mas a caneta clássica 534 ainda está entre as mais vendidas pela empresa. 

Milhões de pessoas em todo o mundo conhecem as canetas da Eskesen e em algum momento da sua vida experimentou a "float experience".

Nós chamamos isto de marca no seu melhor estilo e este sucesso é dedicado aos funcionários que tem trabalhado décadas para fazer que a ESKESEN tenha o seu nome reconhecido internacionalmente.

  Peder Eskesen 1985
Peder Eskesen 1985

A fábrica da Eskesen em 1948
A fábrica da Eskesen em 1948

Um piquenique da empresa em 1948
Um piquenique da empresa em 1948